Controle de Processos

Notícias

Endereço

Rua Onofre Pereira de Matos 930 
Centro
CEP: 79802-010
Dourados / MS
+55 (67) 3427-2253

Artigos


Intimação para comparecer na delegacia? Vá com um advogado! - 19/08/2020

Infelizmente não é incomum as pessoas irem buscar contratar um advogado, durante a fase de inquérito, depois que elas já foram indiciadas, isto é, tidas como formalmente investigadas em um inquérito policial. 
Muitas dessas vezes, o indiciamento ocorreu, por conta de que a pessoa negligenciou logo assim que foi intimada a prestar esclarecimentos na delegacia, achando, por exemplo, que não seria importante ir na delegacia, prestar um depoimento, acompanhado de um advogado. Outros, até utilizam para isso, aquele chavão: quem não deve não teme!
Ledo Engano!
Contratar um profissional para acompanhar esse momento embrionário de um inquérito policial, que mais adiante poderá se tornar uma ação penal pode ser a diferença entre ser indiciado ou não, ser denunciado criminalmente ou não.
Não vou me alongar muito explicando isso, prefiro aqui, ser mais conciso exemplificando.
Em maio de 2020, depois de se afastar do cargo de Ministro da Justiça, o ex-juiz Sérgio Moro, foi intimado para ir depor na Polícia Federal em Curitiba.
Todos sabemos que Moro, quer se goste ou não dele (não é esta a questão aqui!), foi o juiz do maior processo criminal da história do Brasil. Poderia muito bem, no alto de sua inquestionável experiência, ser incauto e ir na delegacia sozinho.
O que ele fez?
Foi acompanhado de um advogado.
Assim, concluindo, se um dia você ou alguém da sua família for intimado para ir até uma delegacia de polícia, não pense duas vezes, contrate um advogado de sua confiança, especialista na área, evidentemente.
Lembre-se: “a justiça é como uma serpente, só morde os pés descalços” Eduardo Galeano
Autor: Felipe Cazuo Azuma
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia